domingo, 9 de maio de 2010

Em jeito de testemunho...ainda não muito feliz...




Esta é uma história ainda sem final feliz à vista... Foi resgatada, das condições deploráveis em que se encontrava, esta adorável cadelinha. Era alimentada semanalmente e vivia presa a uma corrente. O cariz de negligência a que tem sido votada fez-nos intervir e recolhê-la para tratamento e encaminhamento familiar.
Nenhum ser merece viver em tão más condições. Cuidar não é só dar comida ocasionalmente, é também dar atenção e providenciar assistência médica.
Esperamos que brevemente esteja recuperada da doença de pele que neste momento carrega consigo, para poder ser adoptada pela família que merece.

2 comentários:

João disse...

Como convencer as pessoas ditos humanos, que todos somos seres vivos.
Nao consigo entender k os animais sejam maltratados. todos temos direitos e deveres. Que tal começar por tratar, educar, mimar os nossos animais. quem não tem essa disponibilidade então por favor, nao tenha animais e dê-os a quem deles souber tratar.

APA - TVEDRAS disse...

É um trabalho de (re)educação global que tentamos também fazer.
De facto há pessoas que nunca deveriam ter a seu cargo qualquer animal... Esperamos sinceramente que a mentalidade humana evolua e que , cada vez mais, as pessoas estejam despertas para a necessidade de cuidar dos "seus" amigos animais. Bem haja pela sua consciência!